CODREN reúne municípios em busca de viabilizar início dos atendimentos em centro cirúrgico obstétrico de Wenceslau Braz

O novo centro cirúrgico do Hospital São Sebastião em Wenceslau Braz recebeu investimentos em infraestrutura e equipamentos. A previsão inicial segundo o diretor Fabiano Stortti é de reinauguração em dezembro com duas salas de cirurgia, uma sala de parto e a ampliação do número de leitos de trinta e três para cinquenta e um, além de uma equipe de trabalho composta por médico, pediatra e anestesista, entre outros profissionais.

No entanto, haverá necessidade de mais recursos principalmente nos primeiros meses de funcionamento, considerando que após o início dos atendimentos com capacidade para realizar partos normais e cesáreas, há possibilidade de captar mais recursos junto ao Estado para manter o Centro Cirúrgico em funcionamento.

No sentido de viabilizar o início dos atendimentos, os prefeitos(as) dos municípios integrantes do Consórcio CODREN: Quatiguá, Salto do Itararé, São José da Boa Vista, Santana do Itararé e Wenceslau Braz; estão unidos em busca de tornar o novo centro cirúrgico uma referência na realização procedimentos obstétricos para os municípios consorciados.

Essa ação pode gerar grande economia aos municípios que hoje encaminham esses atendimentos para Santo Antônio da Platina ou Jacarezinho, reduzindo gastos com combustível, manutenção de veículos e diárias dos motoristas; e principalmente o que é o desejo de todos: disponibilizar um atendimento de qualidade em local mais próximo da população.

Nessa semana, reuniram-se os secretários(as) de saúde dos municípios, a equipe de trabalho do CODREN comandada pelo senhor Fernando Maluf e o responsável pela parte jurídica do Hospital São Sebastião Dr. Ronny Carvalho.

Entre os temas tratados além da busca de recursos para o início dos atendimentos, está a possibilidade de trazer novas especialidades médicas e a realização de outros tipos de cirurgia futuramente. Após a reunião foi realizada uma visita as instalações do novo centro cirúrgico e a opinião dos secretários de saúde dos municípios foi unânime: a de que o Hospital São Sebastião após os últimos investimentos possui estrutura mais adequada que hospitais de  municípios maiores da região e que com o apoio dos municípios parceiros e autoridades estaduais poderá se tornar uma referência em atendimentos obstétricos em nossa região.

Fonte: Divulgação CODREN

 

Em visita ao centro cirúrgico, da esquerda para direita: Paulo Henrique Lima
controlador interno e Fernando Maluf secretário executivo do Consórcio
CODREN; os secretários(as) municipais de saúde: Lidiane Rolim de São José
da Boa Vista, Luciane Carvalho de Santana do Itararé, Izilda Carro de Quatiguá
e Odair de Oliveira de Salto do Itararé; Dr. Ronny Carvalho responsável da
área jurídica do Hospital São Sebastião.

Gostou? Compartilhe: